Saiba como migrar da loja física para uma loja virtual

Saiba como migrar da loja física para uma loja virtual

Os números do comércio eletrônico brasileiro animam. Mesmo com o país em crise, esse mercado mostrou sua força e cresceu 12% em 2017. A previsão para 2018 é ainda mais otimista: 15%. Isso mostra que o seu negócio é inteligente ao decidir migrar para loja virtual e aproveitar todo esse potencial de crescimento.

Contudo, esse não é um processo simples. Abrir uma loja on-line requer conhecimento para tornar acertada cada ação executada e evitar perdas financeiras. Por isso, preparamos este artigo que apresenta os principais passos para que essa migração aconteça de forma tranquila e precisa.

Continue a leitura e saiba como migrar da loja física para uma loja virtual.

Elabore um plano de negócios

Migrar para loja virtual requer o planejamento de todas as etapas que serão cumpridas, pois não basta abrir o e-commerce e esperar que as vendas simplesmente aconteçam. Essa etapa é um dos fatores contribuintes para a sobrevivência ou mortalidade das empresas, junto à gestão do negócio e a capacitação dos donos.

O plano de negócios, documento que apresenta as principais variáveis do empreendimento, é uma ferramenta útil para organizar todas as ações necessárias. Ele ajuda a diminuir riscos e incertezas, preparando a estruturação da loja on-line. Dá para organizar as finanças e realizar um trabalho completo, que valoriza o investimento.

A implantação de um e-commerce envolve fornecedores como plataforma de vendas, ERP, agência digital e de performance, operador logístico e outros.

Saiba tudo sobre os seus concorrentes

Antes de contratar os fornecedores e os demais profissionais que serão os responsáveis pela migração da loja física para a virtual, é essencial saber tudo sobre os seus concorrentes. Faça uma lista com todas as empresas que competem com a sua no mesmo segmento, diretamente e indiretamente.

Analise profundamente o modo como elas se colocam no mercado — desde a comunicação dos respectivos produtos e serviços ao relacionamento estabelecido com os clientes nas mídias sociais. Algumas ações podem servir de inspiração para a sua loja virtual e outras já ficam de lição sobre como não agir na internet.

Esse processo é fundamental para descobrir quais são os pontos fortes e fracos delas, permitindo que o seu negócio entre firme no segmento on-line.

Adapte a sua estratégia de vendas

Vender on-line não é algo simples. Conforme citamos anteriormente, não basta colocar o e-commerce no ar e acreditar que as vendas surgirão do dia para a noite. Para que isso aconteça, você precisa adaptar a sua estratégia de vendas — afinal, o consumidor virtual tem características bem peculiares e que precisam ser atendidas.

Imagine um cliente que passe na sua loja física em busca de um produto que encontra-se fora de estoque. A reposição está prevista para o dia seguinte e o cliente, sem escolha, pode retornar. O mesmo não acontece no ambiente on-line, pois ele está a poucos cliques do seu concorrente que tem o produto e ainda pode oferecer condições mais vantajosas.

O timing do comércio eletrônico é diferente e exige uma adaptação da sua estratégia de vendas, gestão de estoque, condições de pagamento e outras.

Escolha uma plataforma para a loja on-line

A contratação de uma plataforma para a loja on-line é muito importante. Sua principal característica deve ser a possibilidade de integração com o seu sistema de gestão empresarial atual (ERP).

Caso eles não ainda não sejam integrados, recomendamos que busque essa integração o quanto antes, uma vez que determinados aspectos demandam atenção, como o controle manual de estoque. Isso pode levá-lo a vender um produto sem tê-lo em estoque.

Otimize a gestão de estoque

Uma eficiente gestão de estoque no e-commerce requer conhecimento para que as melhores ações sejam tomadas. Conheça os diferentes tipos de estoque que existem (físico único, descentralizado, compartilhado, consignado e terceirizado) e invista naquele que mais tem a ver com o seu negócio.

O estoque necessita de um espaço físico adequado, com boa localização, segurança e tamanho que comporte a demanda prevista do público. Analise o histórico de compras dos seus clientes para definir prioridades e as estratégias que serão adotadas nessa gestão. Acompanhe a movimentação das mercadorias e evite a ruptura nas vendas.

Algumas plataformas de e-commerce já vêm prontas para integrar o controle de estoque com um sistema ERP, mantendo toda a operação no mesmo ambiente virtual.

Preze pela automação de processos, treine os seus colaboradores e meça constantemente o desempenho para que nenhum esforço seja desperdiçado.

Escolha bons parceiros de logística

Quando falamos sobre comércio eletrônico, existem alguns processos que precisam ser cumpridos com a máxima excelência: recebimento do pedido, separação, embalagem, expedição e entrega ao cliente. Essa é a operação logística do negócio, que pode ser internalizada ou terceirizada por meio de um parceiro especializado.

O ideal é que a empresa escolhida seja capaz de executar toda essa operação de forma sistêmica. Mesmo internalizando parte dos processos, você ainda vai necessitar de um parceiro para realizar as entregas dentro do prazo prometido para cada cliente. Por isso, a escolha de boas empresas de logística é muito importante no contexto da loja virtual.

Avalie os parceiros e as respectivas opções de entrega. Dê preferência para mais de uma empresa, contando com o poder de atuação delas em diferentes regiões do país.

Contrate uma empresa especializada

O processo de migração da loja física para a virtual requer atenção. Para facilitá-lo, você pode contratar uma empresa especializada em consultoria e fornecimento de soluções para comércio eletrônico. A experiência dela apontará as melhores práticas e ferramentas que poderão ser adotadas.

Isso possibilita a troca de conhecimento avançado, fazendo com que a sua equipe aprenda a operar com excelência a loja on-line — que será desenvolvida com base nas necessidades e características do seu negócio. Assim, todos saem ganhando, principalmente a operação do seu e-commerce, que começará com força total.

Migrar para loja virtual é um desafio que pode ser superado com sucesso quando se tem ao lado os parceiros ideais. Por isso, considere a ajuda de profissionais especializados.

Essa é a proposta da Idealize Tecnologia, que fornece soluções completas para lojas on-line, campanhas de e-mail marketing, links patrocinados (Google Adwords e Facebook ADS) e consultoria de e-commerce. Fale conosco e solicite uma proposta pensada para o seu negócio migrar da loja física para a virtual.

Comments ( 5 )

  1. Como melhorar a experiência de compra do cliente online e offline? - Blog Idealize Tecnologia
    […] artigo, vamos abordar estratégias que você deve implantar em sua loja física e virtual, e no final você perceberá que embora as lojas estejam em ambientes distintos, as necessidades e […]
  2. 7 cuidados a serem tomados para evitar fraudes digitais - Blog Idealize Tecnologia
    […] uma grande vantagem para pequenas e médias empresas. Mas, à medida que mais negócios se movem para a esfera online, as desagradáveis fraudes digitais […]
  3. Resultados em vendas: online x offline - Blog Idealize Tecnologia
    […] um dos canais apresenta vantagens e desvantagens para seus resultados em vendas. Por isso, muitos comerciantes vêm buscando por conciliar o […]
  4. Fotos de produtos: dicas para tornar os itens mais atrativos na loja virtual - Blog Idealize Tecnologia
    […] das maiores desvantagens das lojas virtuais, em comparação às lojas físicas, é que os clientes não podem ver ou tocar fisicamente o objeto antes de comprá-lo. Embora as […]
  5. Qual é o panorama atual do comércio eletrônico no Brasil? - Blog Idealize Tecnologia
    […] você, empresário, ainda não decidiu se vale a pena ingressar nesse segmento, continue lendo este artigo e veja um panorama atual do comércio eletrônico no […]

Deixe uma resposta