Saiba como escolher a plataforma ideal para a sua loja virtual

Saiba como escolher a plataforma ideal para a sua loja virtual

Uma das decisões mais importantes e desafiadoras na hora de embarcar no segmento de e-commerce é a escolha da plataforma para loja virtual. Atualmente, existem muitas opções, cada uma com suas características e recursos, o que pode gerar dúvidas e dificuldades na hora da escolha. Mas não se engane: essa é uma etapa crucial, que deve ser percorrida com muita cautela e pesquisa.

A plataforma funciona como o coração do comércio eletrônico. Assim, se mal escolhida, ela pode levar ao fracasso do negócio. Já se bem selecionada, ela certamente abrirá caminho para o sucesso de sua empreitada.

Ao longo deste artigo, apresentamos excelentes dicas para ajudar você a escolher a plataforma ideal. Boa leitura!

O que é a plataforma para loja virtual?

A plataforma para loja virtual nada mais do que é um software ou sistema que garante a criação do e-commerce. É ela que vai reunir todas as funcionalidades do site, desde a parte em que o cliente faz sua navegação, pesquisa e escolhe produtos, até a seção que é administrada pelo lojista.

O mais indicado para quem está começando é contratar uma plataforma para o seu e-commerce, pois ela já traz consigo todas as configurações técnicas necessárias para o funcionamento adequado do e-commerce.

Dessa forma, o empreendedor fica livre para se dedicar a outras ações estratégicas, como buscar novidades, montar um mix de produtos atraente e fazer uma boa divulgação do seu negócio.

Como escolher a plataforma ideal?

A escolha da plataforma ideal não é missão das mais fáceis, mas há algumas dicas a serem seguidas, que podem pode facilitar muito a vida do empreendedor.

Primeiramente, é crucial avaliar quais são as funcionalidades disponíveis e se elas condizem com as características, o porte e o desempenho do seu negócio. Em segundo lugar, planeje-se não só com base no seu presente. Tenha em mãos um plano de negócios, em que constem metas futuras e potenciais ampliações.

A plataforma contratada precisa comportar todo esse planejamento, pois acredite: uma eventual troca em razão de insatisfação certamente será traumática, principalmente em termos operacionais.

Vamos a uma lista abaixo com os principais critérios que devem ser analisados para tomar uma decisão bem informada.

Qualidade do suporte

Um e-commerce funciona 24 horas por dia, não é verdade? Então, em se tratando de suporte, é essencial saber se você terá à disposição uma assistência eficiente e que vai conseguir te atender em todas as suas dúvidas e eventuais problemas, independentemente do horário.

Muitas vezes, um entrave no sistema pode impedir que o cliente encontre o produto que ele busca ou então que efetue a compra. Logo, trata-se de uma situação que pode comprometer seriamente os lucros do seu comércio eletrônico, se não resolvida rapidamente.

Flexibilidade do sistema

A plataforma para loja virtual também deve ser flexível em termos de layout. O mais recomendado é a oferta de algo exclusivo, desenvolvido especialmente para o seu e-commerce.

Mas, caso isso não seja possível, opte pelo máximo de flexibilidade, de modo que você consiga alterar padrões de cores e outros aspectos referentes à aparência do seu site.

Isso vai permitir que você exponha a identidade da sua marca, ao mesmo tempo em que cria um engajamento natural com o seu público-alvo. Os clientes bem informados, como são os de hoje em dia, exigem e valorizam essa personalização.

Também é crucial que você tenha um e-commerce com layout responsivo. Isto é, que se adapte a diversos tamanhos de telas de dispositivos móveis, como smartphones e tablets.

Recentemente foi noticiado que os brasileiros estão à frente da média mundial em se tratando da utilização de smartphones para compras. Trata-se de uma fatia promissora do mercado que não deve ser negligenciada.

Recursos disponíveis

A análise dos recursos disponíveis é uma das etapas mais importantes na escolha da plataforma ideal. Afinal, existem diversas alternativas que podem ajudar a vida do administrador e, também, agregar valor à experiência do usuário.

As funcionalidades oferecidas envolvem a gestão do estoque, o funcionamento do carrinho de compras, a forma de controle financeiro, mecanismos de busca, a opção da comparação de preços, cálculo automático de frete, as recomendações da loja, geração de relatórios, entre outros.

Não deixe de verificar se existem recursos para a implantação do SEO, pois é isso que vai garantir um bom ranqueamento nos principais sites de busca, possibilitando o aumento de tráfego na sua loja virtual.

Facilidade de usar

A plataforma que você escolheu é fácil de usar? Você consegue, sem grandes esforços, inserir produtos, categorias e administrar os dados dos seus clientes?

Essas são perguntas muito relevantes na hora de escolher uma plataforma para loja virtual, pois serão determinantes no tempo que você vai gastar com ações rotineiras.

Então, busque algo que te assegure facilidade e não te obrigue a acionar o suporte técnico a todo momento.

Capacidade de integração

Se você já trabalha com softwares para gestão empresarial, como é o caso do ERP e o CRM, veja se a plataforma permite a integração com esses instrumentos. Assim, você não terá o trabalho de alterar o que já está implementado.

Também é essencial checar se há integração com redes bancárias, Correios ou sistemas particulares de transportes e logística, sistemas antifraude e certificações de segurança.

Outro quesito é a integração com redes sociais, determinante nos dias atuais e, também, com ferramentas de marketing, tais como Google Analytics, Google AdWords e Facebook Ads.

Isso vai influenciar diretamente na reputação do seu negócio e na qualidade dos serviços prestados.

Condições de pagamento

De nada adianta uma plataforma repleta de recursos se ela não puder garantir uma finalização rápida e simples dos pedidos, concorda? Também chamado de checkout, esse é o momento em que o e-commerce fatura e você também.

Assim, confira se há integração com gateways de pagamento da sua preferência ou então um próprio.

O ideal é que seja disponibilizado o máximo de variações, como cartão de crédito, débito em conta, boleto, PagSeguro, PayPal, entre outros. Isso vai impactar diretamente nas suas taxas de conversões e no ticket médio do seu negócio.

Experiências de outros usuários

Uma excelente maneira de descobrir se essa ou aquela plataforma atendem ao que o dono da loja virtual busca é ler depoimentos de outros usuários. Sendo assim, não hesite em perguntar sobre a experiência de outros clientes. Uma empresa séria e com bons resultados certamente terá casos de sucesso para apresentar.

É interessante colher essas informações junto a lojas virtuais com características semelhantes às da sua. Assim, você entenderá se o modelo é adequado para o seu segmento e terá mais segurança na hora de investir.

Conforme mencionado, a escolha da plataforma para loja virtual envolve uma série de decisões, que devem ser tomadas de forma consciente e calma, reunindo o máximo de informações possíveis.

Lembre-se: este será o alicerce de toda a sua estratégia de comércio eletrônico. Por isso, requer sua total atenção.

Gostou do artigo? Para continuar se informando sobre e-commerce, assine a nossa newsletter e receba todas as atualizações em primeira mão!

 

Leave a reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>