Como saber se estou preparado para vender online?

Como saber se estou preparado para vender online?

Se você tem tido dúvidas sobre estar preparado para vender online, saiba desde já que esse problema tem solução e podemos ajudá-lo a resolver isso por meio das informações que vamos apresentar neste post.

Afinal, muitos empreendedores têm ouvido falar do grande crescimento do e-commerce nos últimos anos no Brasil e têm se interessado em se envolver com esse ramo a fim de colher os frutos valiosos que ele pode oferecer.

Se esse é o seu caso, fique atento aos principais aspectos que alguém interessado no desenvolvimento de um negócio virtual deve conhecer. Confira!

Ter site qualificado

Ter um site qualificado envolve muitas questões que vão desde o domínio escolhido até o conceito envolto na ideia do seu negócio e como a sua página reflete isso. Portanto, para início de conversa, você precisa focar nos seguintes pontos:

  • crie um nome original e fácil de ser guardado pelo cliente, pois isso ajudará enormemente na hora de registrar o domínio (URL do seu site);
  • caso não consiga chegar a um nome tão original, pense de que maneira o domínio pode remeter diretamente ao que o seu negócio oferece;
  • escolha um bom servidor para hospedar o site, algum que tenha espaço suficiente de armazenamento, plataforma funcional e redes que não caem;
  • fuja de templates gratuitos ou mesmo outros pagos que todo mundo já usa, contrate alguém para cuidar do web design e da logo do seu site.

Estando antenado a esses pontos, você poderá começar com o pé direito na sua empreitada. Considere isso e colherá bons resultados.

Saber o que oferecerá ao consumidor

O seu site é uma loja virtual ou uma empresa de serviços do meio digital? Tanto em um caso quanto no outro, existem possibilidades diversas de atuação e, se você não tiver clareza nisso, poderá criar uma ideia confusa de negócio que não terá apelo algum com o consumidor já bombardeado de ofertas e informação.

Defina bem o que você venderá e pense em um conceito para o seu negócio — isso é essencial até para a hora de criar a identidade visual do seu site. Sem isso, pode ser que você pareça apenas um aventureiro na internet e não conquiste a confiança do consumidor. Seja estratégico!

Criar estoque

Ok, agora que você já sabe o que venderá, chegou a hora de criar estoque. Inevitavelmente, vêm duas perguntas: um, quanto você tem para investir ou onde buscará recursos; e dois, quem serão os seus fornecedores?

Se você ainda não tem todo o capital para começar, é óbvio que poderá encontrar soluções como empréstimos bancários ou mesmo a ajuda de familiares e amigos desde que saiba como pagará esse compromisso financeiro assumido.

Pois bem, depois disso é pesquisar bastante, comparar preços e, acima de tudo, saber o que precisa ser comprado e onde será armazenado a fim de evitar desperdícios financeiros e estoque parado.

Otimizar a logística

Seu fornecedor leva quanto tempo para entregar o produto que você precisa e a que preço? Será que o que ele oferece é competitivo para você? Como você entregará um produto no prazo prometido em uma cidade muito distante da sua base comercial? São muitas perguntas e você deve estar preparado para oferecer uma solução a elas.

Abaixo vamos apresentar alguns pontos que o ajudarão nisso, veja:

  • defina como será o seu frete, considere a possibilidade de não o cobrar na sua região a fim de ser mais competitivo;
  • considere a possibilidade de criar parcerias com lojas físicas de outras regiões a fim de facilitar a entrega ao cliente no prazo correto;
  • procure conhecer as diferentes soluções logísticas existentes no mercado, como aluguel de galpão temporário e serviços particulares de entrega;
  • realize orçamentos constantes e pesquisas sobre qual é o fornecedor mais ágil e barato que refletirá no preço e na entrega do seu produto.

Quanto mais acertada a sua logística for, mais condições a sua empresa terá de vender um produto com um valor atrativo e envio rápido. Isso traz um diferencial e tanto aos negócios. Pense nisso.

Apostar em diversos canais de venda

Não seja apegado de achar que porque investiu e se dedicou tanto em lançar o seu site que os produtos deveriam obrigatoriamente ser vendidos apenas por ali. Na verdade, tal postura limitaria bastante o seu alcance e os resultados em vendas.

Em vez disso, diversifique o seu canal, utilize desde grandes players, como Mercado Livre e Marketplaces como Submarino, Americanas, Ricardo Eletro, Casas Bahia, Netshoes e outros, sites como OLX e até mesmo grupos de Facebook para expor as suas mercadorias e desenvolver ali um bom canal de vendas para o seu negócio. Cuide para que tenha boas fotos, um bom texto de descrição e uma comunicação eficaz com os consumidores a fim de garantir a satisfação deles e o sucesso do seu empreendimento.

Investir em marketing digital

O marketing digital tem sido um dos principais elementos constituintes do crescimento expressivo do e-commerce no Brasil nos últimos anos. Por meio de ferramentas e estratégias diversas, como E-mail Marketing, Automação de Marketing, Marketing de Conteúdo, técnicas como o Search Engine Optimization (SEO) e várias outras abordagens, inúmeras empresas têm atingido bons resultados com tudo isso.

Nesse sentido, é importante, também, considerar a possibilidade de trabalhar com uma agência especializada que será capaz de entregar esses desdobramentos positivos indo além do mero “achismo” que parece predominar quando o empreendedor decide cuidar de tudo sozinho.

Tais mecanismos exigem conhecimento e tempo para serem efetivados e você já estará encarregado de várias outras questões que serão cruciais para o bom funcionamento do seu e-commerce.

Escolher a forma de pagamento

Obviamente, não será uma única forma de pagamento que satisfará o cliente, mas você deve saber por quais empresas intermediadoras olhar e quais principais bandeiras de cartão de crédito escolher para atender os interesses do consumidor.

A opção de boleto bancário também é bastante útil e se você opta por bancos mais usuais, isso também contribui para gerar maior confiança no comprador. Como sempre, o segredo é ser estratégico e não fazer nada que possa limitar o seu sucesso nos negócios.

Como você pôde ver, são muitas as maneiras de deixar o terreno pronto para o crescimento de seu empreendimento no ambiente virtual. Esteja atento às questões apresentadas para se dar bem nisso.

Se gostou de saber como se preparar para vender online, aproveite para nos seguir nas redes sociais e continuar por dentro do melhor conteúdo sobre e-commerce.

Leave a reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>