Gestão de estoque: há diferenças entre lojas físicas e virtuais?

Gestão de estoque: há diferenças entre lojas físicas e virtuais?

Saber integrar a gestão de estoque entre lojas físicas e virtuais é um processo vital para o bom funcionamento de ambas as frentes de seu negócio. Muitos lojistas querem fazer isso de forma acertada, mas ainda não sabem como alcançar isso.

Se você não faz o controle do que acontece em uma parte, pode acabar comprometendo a outra. Por isso, existem alguns recursos e estratégias que você pode utilizar para controlar esse processo e obter êxito na coordenação de suas mercadorias. Se quer entender como isso funciona, continue a leitura!

Não descuide das atualizações de status

Realizar o controle correto dos produtos é essencial para não decepcionar o consumidor. Afinal, imagine ele encontrar a mercadoria que quer comprar em seu site e no momento do check-out, descobrir que sua empresa não tem aquele item disponível? Isso certamente não é bom para os negócios, sem falar que em tempos digitais, essa má impressão pode se espalhar rapidamente.

Pode acontecer ainda de você anunciar na internet que tem um determinado produto em sua loja física e quando o cliente se deslocar até lá para comprar, descobrir que aquela mercadoria não está disponível. Essa também é uma péssima situação, talvez até pior que o caso citado anteriormente, já que o consumidor se deu ao trabalho de ir até o seu espaço buscar aquele item. Você certamente precisa ter cuidado para que isso não ocorra em seu empreendimento.

Cuidando da atualização de status do que você tem disponível, esses entraves podem ser evitados. Existem algumas maneiras de se realizar isso, como:

  • verificar quantos itens de cada produto você tem em estoque;

  • avaliar quantos já foram vendidos e se novas encomendas dessas mercadorias já foram feitas;

  • estar certo de quanto tempo levará para repor o estoque, a fim de evitar a gafe de prometer ao cliente algo que você ainda não tem disponível;

  • ver quantas perdas aconteceram por vencimento da validade ou quaisquer outros motivos, inclusive furtos, roubos, extravios etc.

Esses são apenas alguns pontos que você pode seguir para cuidar bem da atualização de status das suas mercadorias, que devem estar integradas entre a loja física e a virtual. Prossiga com a leitura para aprender mais e fazer a gestão de estoque de forma correta.

Separe peças ou embalagens para o mostruário

Se você só pensar em vender e não tiver uma boa estratégia, é bem provável que o seu negócio não se sustente ao longo dos anos. Por isso, antes de pensar em anunciar tudo o que tem e dispor isso ao cliente, é fundamental separar peças ou embalagens para o mostruário.

Dessa forma, você mantém o seu público interessado, além de manter o que precisa vender com boa saída da loja. Isso pode parecer extremamente simples, mas é algo que passa batido para muitos vendedores. No ambiente online, essa questão é muito mais fácil de ser resolvida, uma vez que você pode utilizar uma foto do produto para representá-lo.

Imagine, por exemplo, que um produto com grande procura não esteja visível na vitrine. Aí você se atina a esse fato e quando vai verificar no estoque, percebe que não possui mais nenhum na loja. Considere ainda que esse seja um produto sazonal e esteja em um período no qual as vendas estejam no ápice. Mesmo que você faça a encomenda com urgência, a mercadoria pode não chegar a tempo, impactando negativamente nas vendas.

É importante se atentar a esses detalhes e usar isso a favor do seu empreendimento. Você verá que por meio de questões simples, sua gestão de estoque pode ser mais exitosa e trazer ótimos resultados à empresa. 

Invista em tecnologia

Talvez você já tenha ouvido falar na sigla ERP, iniciais das palavras em inglês “Entreprise Resource Planning”. Em bom português, significa “planejamento dos recursos da empresa” e você deve investir em tecnologia para realizar isso de forma acertada. Os softwares de ERP permitem que você concentre todos os dados e processos do seu empreendimento em uma ferramenta, tornando muito mais fácil fazer tudo o que te indicamos até agora neste post.

A atualização de status e até mesmo a verificação de peças de determinados produtos para expor na vitrine fica bem mais acessível. Vale lembrar ainda que o controle do fluxo de caixa e a gestão financeira da sua loja também são facilitadas por meio de programas de ERP.

Isso também pode levar a uma melhor estratégia comercial, já que analisando os dados gerados por seu próprio negócio, é possível avaliar quais produtos têm mais saída, em quais épocas e quando possuem a melhor oferta de preços por parte do fornecedor. Usando disso sabiamente, você pode tornar o seu negócio mais rentável, com uma saúde financeira equilibrada.

Em tempos de crise, sabemos que qualquer ferramenta que otimize as finanças de um empreendimento é bem-vinda. Usufruir corretamente dos recursos possibilitados pelas tecnologias de gestão de negócios se torna um diferencial no crescimento da sua empresa. Se beneficie disso e alavanque os negócios.

Não deixe de planejar

Antes de encerrarmos este post, é preciso ainda tocar em um ponto crucial, que fará todas essas informações realmente funcionarem: o planejamento. Se você não souber bem aonde quer chegar, em quanto tempo e como conseguirá os resultados que busca para sua loja, tanto física quanto virtual, ficará bem mais difícil desenvolver o seu negócio.

Portanto, organização é a palavra-chave para chegar lá. É importante definir seus planos, metas, prazos e objetivos, os integrando às questões que abordamos neste artigo. Dessa forma, você trará as suas ideias para a realidade e poderá conferir se estão dando certo ou não.

Todo empreendimento de sucesso tem esse processo muito bem definido e consolidado, de modo que não há motivos para você não fazer o mesmo na sua empresa. Aproveite de cada informação fornecida e as utilize para tornar a sua loja física e virtual bem integradas, trabalhando a favor do sucesso do seu negócio.

Se gostou de saber como realizar a gestão de estoque integrando os diferentes pontos entre a loja física e virtual, aproveite para assinar a nossa newsletter e continuar por dentro do melhor conteúdo sobre e-commerce.

Por que não devo ignorar a segmentação de marketing nas vendas online?

Por que não devo ignorar a segmentação de marketing nas vendas online?

Se perguntarmos a um grupo de empreendedores quais são suas metas para os próximos meses, certamente, grande parte deles dirá: vender mais. O que muitos ainda não sabem é como atingir esse objetivo.

Alguns pensarão: “preciso conquistar mais clientes”. E eles não estão errados. A questão é que simplesmente aumentar seu volume de leads não é uma garantia imediata de mais vendas.

O que o empresário precisa, de fato, é de leads qualificados, isto é, pessoas que estão realmente interessadas em adquirir o seu produto ou serviço. E o caminho para chegar até essas pessoas é trabalhar com a segmentação de marketing.

Segmentação de marketing, nada mais é do que dividir sua base de consumidores em grupos menores, que reúnem características e interesses semelhantes. Assim, quando for desenvolver suas campanhas, você vai lidar com um perfil específico e terá muito mais facilidade em enviar a mensagem certa para a pessoa certa.

Veja a seguir quais são os benefícios da segmentação de marketing e como colocá-la em prática.

7 itens essenciais para garantir a segurança do e-commerce

7 itens essenciais para garantir a segurança do e-commerce

As compras online se consolidam, cada vez mais, como um método popular entre os consumidores brasileiros, o que é ótimo para quem já atua ou pensa em começar a atuar no segmento do comércio eletrônico. No entanto, entre as tantas questões envolvidas na criação de uma loja virtual, há uma crucial, que nunca pode ser deixada de lado: a segurança do e-commerce.

Um cliente que se sente seguro em uma loja online não vai hesitar em comprar um produto que, de repente, encontre por um preço atraente. Já se o mesmo consumidor não tiver confiança no site em que navega, as chances de que ele pense duas vezes ou até desista do negócio são bem maiores.

Por isso, os empreendedores que trabalham com vendas online devem sempre priorizar a questão da segurança, entendendo que esse é um fator primordial para aumentar suas taxas de conversão.

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Então, leia com atenção o artigo que preparamos, com 7 itens essenciais para garantir a segurança do e-commerce.

Promoções na Black Friday: aprenda como se planejar e fature em dobro

Promoções na Black Friday: aprenda como se planejar e fature em dobro

O final do ano chegando e com ele a Black Friday, uma das datas mais importantes para quem atua no mercado eletrônico e deseja faturar em dobro, bem como aumentar a receita da empresa. Além disso, é um ótimo período para quem deseja aproveitar as ofertas e promoções na Black Friday para adquirir itens desejados durante todo o ano.

Sabendo da importância dessa data para o sucesso de seu negócio, fizemos este artigo e nele apontamos alguns elementos que podem ajudar você a planejá-la. Fique conosco e acompanhe também uma breve história a respeito dessa tradição!

Código de defesa do consumidor para compras online: o que devo saber?

Código de defesa do consumidor para compras online: o que devo saber?

Entender o código de defesa do consumidor para compras online faz toda a diferença para você que ainda não tem total domínio sobre o comércio eletrônico.

O e-commerce envolve vários detalhes que vão além de simplesmente dispor os produtos na internet a um bom preço e de um marketing de sucesso para se destacar da concorrência.

Se você quer saber quais são esses detalhes e como o Código de Defesa do Consumidor afeta diretamente a forma como terá que lidar com a clientela, continue lendo e aprenda com as informações a seguir.

Como avaliar as competências de empresas desenvolvedoras de e-commerce?

Como avaliar as competências de empresas desenvolvedoras de e-commerce?

Você sabe o que deve esperar de empresas de e-commerce competentes?  Para contratar o melhor serviço para a sua loja virtual, é preciso ter em mente quais são as responsabilidades desse tipo de empresa e como elas podem ajudar você a fazer com que o seu negócio deslanche na internet.

Neste post, preparamos algumas dicas essenciais para que você possa identificar as mais importantes competências de empresas de e-commerce. Com certeza, tais informações vão auxiliar você fazer a melhor escolha para a sua necessidade. Confira as dicas a seguir.

Ebook: Guia do Planejamento Estratégico de Marketing para E-commerces

Ebook: Guia do Planejamento Estratégico de Marketing para E-commerces

Um planejamento estratégico de marketing é capaz de estabelecer a direção a ser tomada pela empresa, visando integrá-la ao seu ambiente e auxiliá-la a se adaptar às mudanças do mercado, identificar tendências e criar vantagens competitivas em relação aos concorrentes.

Para ter sucesso no mundo digital é preciso elaborar um planejamento estratégico de marketing eficiente, focado nos objetivos da sua empresa e nas demandas do seu público.

6 formas de anunciar no Google para impulsionar sua loja virtual

6 formas de anunciar no Google para impulsionar sua loja virtual

Quem atua profissionalmente no mercado digital com toda a certeza já ouviu falar que anunciar no Google é uma estratégia promissora, correto?

Pelo poder de atuação que a empresa atingiu, podemos dizer que já se trata de uma necessidade, e não mais de uma escolha, para aqueles que querem impulsionar suas vendas.

Ao longo de sua trajetória, o Google ampliou e diversificou seu leque de serviços, incorporando produtos que podem ser de grande valia para empreendedores em muitas áreas, sendo o marketing digital um dos destaques.

São ferramentas como Google Adwords, Google Meu Negócio, Google Shopping, Youtube, Rede de Display e Google Remarketing. Cada uma com a sua função e a promessa de resultados extremamente positivos.

Se você já pensou em anunciar no Google, mas ainda tem dúvidas quanto ao processo, acompanhe o artigo que preparamos, com sete maneiras de utilizar o Google para fortalecer sua loja virtual.

Quais fatores pesam na confiança do consumidor em compras online?

Quais fatores pesam na confiança do consumidor em compras online?

Antigamente, os consumidores eram muito receosos quanto à possibilidade de comprar on-line. O medo ia desde a não entrega dos produtos até a possibilidade de alguém roubar seus dados bancários. De lá para cá, o e-commerce cresceu bastante e conquistou a confiança do consumidor.

Ainda assim, a credibilidade do setor não garante a confiança das pessoas em relação à sua loja virtual. É preciso tomar algumas atitudes e garantir que seus clientes sejam bem atendidos e estejam seguros dentro do seu ambiente virtual.

Por isso, destacamos os principais fatores que pesam na confiança do consumidor em compras on-line. Continue a leitura e saiba como transmitir credibilidade por meio do seu e-commerce!

10 soluções práticas para aumentar a taxa de conversão no e-commerce

10 soluções práticas para aumentar a taxa de conversão no e-commerce

Conhecer 10 soluções práticas para aumentar a taxa de conversão no e-commerce pode ser a solução que você buscava para obter melhores resultados em sua loja virtual.

Muitos empreendedores enfrentam dificuldades no momento de promoverem os seus produtos por não dominarem algumas técnicas e estratégias de marketing digital ou mesmo algumas offline que integram esse modelo.

Nesse post, vamos explorar um pouco melhor isso tudo para que você esteja a par dessas soluções, confira!